Sábado, 16 de Outubro de 2021
17°

Chuva fraca

São Paulo - SP

Geral Bahia

Saeb lança aplicativo para modernizar controle e gerenciamento de bens do Estado

O Siap Mobile vai permitir usar dispositivos móveis para fazer a leitura dos códigos de barras existentes nas plaquetas de tombamento dos bens públicos.

13/10/2021 às 11h05
Por: Penha News Fonte: Secom Bahia - (Luana Marinho)
Compartilhe:
Foto: Morgana Sampaio
Foto: Morgana Sampaio

A Secretaria da Administração (Saeb) vai lançar, nesta quinta-feira (14), o projeto Siap Mobile, um aplicativo desenvolvido em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado (Prodeb) para modernizar o controle e o gerenciamento dos bens permanentes do Estado. O novo software possibilitará usar um telefone celular ou um tablet para realizar o inventário anual de bens de encerramento de exercício (procedimento para controle e gestão do patrimônio público).

Na prática, o Siap Mobile vai permitir usar dispositivos móveis para fazer a leitura dos códigos de barras existentes nas plaquetas de tombamento dos bens públicos. O software possui vantagens que vai facilitar e agilizar a realização dos inventários, além de aprimorar o controle e a gestão do patrimônio do Estado.

“O aplicativo vai se somar a outras ferramentas digitais, que já implementamos no Estado, para modernizar a administração pública. O Siap Mobile vai trazer um ganho de eficiência na realização dos levantamentos e também no concernente ao controle”, explicou o secretário da Administração, Edelvino Góes.

A ferramenta pode ser utilizada de forma offline, caso seja necessário realizar inventários em locais onde não há acesso à internet. Outra opção é conectá-lo à internet da Rede Governo e transferir os arquivos automaticamente para o Sistema de Administração de Patrimônio na internet (Siap Web). O aplicativo também permite compartilhar os dados do inventário via e-mail, conectando um cabo USB, ou até mesmo por WhatsApp.

O Siap Mobile possui ainda outras características que concedem versatilidade rapidez e agilidade ao processo. O aplicativo permite a realização do inventário de forma concomitante, em mais de um local simultaneamente. O software possui também uma usabilidade intuitiva, com uma interface amigável e fácil de utilizar, além de ter integração com o Siap Web.

O aplicativo foi desenvolvido pela Prodeb, com acompanhamento da Superintendência da Gestão e Inovação, vinculada à Secretaria da Administração (Saeb). Já a homologação do software ficou por conta da Diretoria de Material (DM) e da Diretoria de Suporte à Logística (DSL), ambas ligadas à estrutura da Superintendência de Recursos Logísticos, também pertencente à Saeb

O inventário anual de encerramento de exercício é um procedimento administrativo que consiste no levantamento físico-financeiro de todos os bens do Estado. No inventário é verificada a existência física dos bens móveis encontrados nos órgãos públicos, conferindo-os com os registros constantes no Sistema de Administração de Patrimônio (Siap). O Siap foi instituído por legislação estadual (Lei 6.885/97) e os procedimentos de inventários são regulamentados por Instrução Normativa expedida pela Saeb.

O inventário é realizado uma vez por ano, nos órgãos públicos onde existem bens pertencentes ao Estado como móveis, equipamentos, máquinas e outros. Anteriormente, os inventários eram realizados com leitores ópticos, também denominados de coletores, que eram usados para fazer a leitura do código de barra das plaquetas de tombamento, que são afixadas nos bens públicos para identificação.

Para fazer o levantamento utilizando os leitores ópticos era necessário importar o arquivo do Siap, com a relação dos bens de cada setor, em seguida, efetuar a leitura dos códigos de barras das plaquetas dos bens. A conferência da numeração era feita pelo coletor, enquanto a verificação das características físicas e do estado de conservação realizada pelo servidor público.

Em alguns casos, sobretudo em unidades do interior do estado, em locais que não dispunham de leitores ópticos, o procedimento era feito manualmente, cotejando a numeração das plaquetas, com relatório impresso do Siap Web.

A partir de agora, a leitura dos códigos de barra poderá ser feita com qualquer aparelho celular ou tablet que possua sistema operacional Android. O aplicativo faz a leitura dos códigos de barras das plaquetas de tombamento e realiza a importação dos dados, de forma automática, para a realização de inventário, inclusive em modo offline.

Para o levantamento dos bens utilizando o Siap Mobile é necessário, inicialmente, importar o arquivo do Siap Web para um smartphone ou tablet. A câmera desses aparelhos fará a leitura do código de barras ou do QR Code, novidade trazida com o advento do novo aplicativo. O software também oferece a opção de digitar o código manualmente, quando a leitura digital não for possível, por algum eventual problema no código de barras ou como QR Code.

Após a conclusão do levantamento dos bens, os arquivos poderão ser enviados automaticamente para o Siap Web, por meio da Rede Governo. Caso não tenha acesso à internet no local, os dados do inventário podem ser copiados do dispositivo móvel para uma estação de trabalho, para serem importados para o Siap Web.

Fonte: Ascom/Saeb

São Paulo - SP Atualizado às 17h27 - Fonte: ClimaTempo
17°
Chuva fraca

Mín. 17° Máx. 28°

Dom 20°C 15°C
Seg 19°C 14°C
Ter 18°C 13°C
Qua 17°C 12°C
Qui 19°C 12°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes